quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Ao Meu Pai

Que falta faz meu pai...
Naquele tempo que você se foi...
e se foi tão cedo...
Eu nem lágrimas tinha para derramar...
Porque nem acreditei...
Vivi por meses uma tristeza imensa...
Perdi algo muito importante e que nunca mais terei...
Depois, a vida me deixou mais só...e,
Lembro de seu sorriso...
De sua força para vencer a dor...
Era um forte pai, em sua fragilidade...
E eu, menina, querendo-o bem...e ai,
Só pedia para tê-lo em meu pensamento...
Aprendi com você algumas coisas muito importantes:
Que é preciso lutar, nunca desistir...
Que sempre devemos ter um sorriso,
Quando estamos mal
para aqueles que nos amam,
aprendi que estar junto, não é estar perto,
mas sim pensar naquela pessoa com amor...
Aprendi que a fragilidade de nossa vida significa
pouco para quem tem forças para lutar...
Pai, tanta coisa me ensinou...
Mas, só uma coisa nunca entendi ...
Porque foi tão cedo de minha vida??!
Homenagem ao meu pai... e a todos os pais
que mesmo distante estão perto de seus filhos...
Um beijo a você, pai...
Hoje, só queria poder lhe dizer:
Obrigada por tudo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário